Como seria a colonização da lua?

como-seria-a-colonizacao-da-lua
5/5 - (17 votes)

Você já se perguntou como seria a colonização da lua? Quais são os passos necessários? Como as pessoas iriam residir lá? Seria independente da Terra? Descubra tudo aqui no Ultracurioso!

Como seria a colonização da Lua

 buracos-na-lua
Crateras e buracos na Lua

Embora nossa tecnologia seja muito avançada, quando se trata de colonizar algo fora da Terra, nunca é tão simples. Há muitos fatores aos quais analisar.

Primeiro, uma colônia na lua mesmo custando menos que Marte, ainda possui um custo muito alto, e compreendemos que deveremos encontrar maneiras de contornar os problemas de baixa pressão, dias extremamente longos e radiação solar, sem falar nas estratégias que teriam que ser criadas para produzir comida em solo lunar.

Leia também:

Como seria o início da colonização da Lua

astronautas-voltando-da-lua

Para iniciar a colonização da Lua, inicialmente não seriam enviados seres humanos, mas sim robôs e produtos para o levantamento das primeiras edificações para os futuros humanos lunáticos.

Os robôs irão ter todo o primeiro trabalho de realizar as análises do solo e a determinar as melhores localizações para os primeiros assentamentos, nem muito quente, nem muito frio, com a mínima radiação solar. Os locais mais indicados são uma entre as milhares de buracos lunares existentes na superfície.

As necessidades dos colonos e qual é o custo da colonização da Lua

Inicialmente, para a colonização da Lua serão necessários abrigos para os colonos, um local seguro dos meteoritos que são intensos, da extrema variação de temperatura e livre da poeira lunar (ela danifica severamente o interior de máquinas e pessoas).

O custo de uma base na Lua para quatro pessoas é de aproximadamente 7,35 bilhões de dólares.

Todos os habitats lunares devem ser subterrâneos ou de baixo de uma grossa camada de regolito (substância que cobre a superfície lunar). Esse procedimento é vital para proteger os humanos da radiação cósmica e eventos solares que representem perigo.

colonizacao-da-lua
Colonização da Lua Ilustração | Imagem: PA

Como os limentos são essenciais aos humanos, pelo menos até os dias de hoje (pois nunca se sabe), esse é outro fator a ser colocado no papel. Um humano adulto precisa de aproximadamente 800.000 calorias anuais, o que pode gerar um gasto anual de 5,9 bilhões de dólares só em transporte.

Embora seja possível usar estufas especiais projetadas pela Universidade do Arizona, que podem produzir alface, batatinha doce, tomate e morango, essas plantas também exigiriam solo fértil, ou 36,5 kg adicionais de fertilizante para continuar crescendo.

E claro, o homem depende de água potável e isso pode custar aproximadamente 43 bilhões de dólares em transporte aquaviário (para extração de água local).

Além disso, somos dependentes de oxigênio para respirar, e isso custaria uns 1,5 bilhão de dólares para transporte e equipamentos para permitir que os colonos respirem nos abrigos e trajes especiais.

Por fim, os colonos vão querer usar o celular, acessar a internet e navegar nas curiosidades do Ultracurioso. Os custos seriam de 57,8 bilhões de dólares por 100 GB de dados mensais. Nada mal, né?

Quem será o dono da cidade na Lua?

Como falamos na matéria das curiosidades sobre a Lua que você não sabia, a Lua não tem um dono. Desde o ano de 1967, mais de 100 países assinaram o Tratado do Espaço Exterior, onde foi unanimemente acordado que nenhuma nação pode reivindicar a Lua por qualquer motivo.

Em 1979 mais nove países declararam que a propriedade privada não seria permitida no ambiente lunar.

Agora queremos saber de você, já sabia dessas curiosidades sobre a colonização da lua? Conte tudo nos comentários!

Fonte: Lista de Curiosidades