Balaustrada: O que é, história e exemplos

balaustrada
Avalie a matéria!

Afinal, o que é balaustrada? Você já viu, só não sabe o nome! Descubra o que é balaustrada, sua aplicação, história, exemplos com fotos e muito mais. Só vem!

A palavra balaustrada pode soar estranha para você porque raramente é usada no nosso vocabulário diário.

Aliás, por mais que muitas pessoas não saibam o que é balaustrada, elas vêem com mais frequência do que imaginam.

O que é balaustrada

Balaustrada é uma fileira de balaústres, ou conjunto de pilares, ela representa um conjunto de pequenas colunas junto a um trilho.

De acordo com o site Balaústres, as balaustradas são muito usadas em escadarias, terraços e escadas. No Brasil, um uso comum é balaústre para sacada.

Leia também:

balaustrada-varanda
Balaustrada em varanda

O termo balaustrada veio das colunas torneadas chamadas balaústres, nome que veio da Itália no século XVII, que compara o formato bulboso das peças com a flor da romã (balaustra em italiano).

A diferença entre balaustrada e corrimão

Geralmente, todo mundo já ouviu falar em corrimão e muitos acham que corrimão e balaustrada é a mesma coisa. No entanto, são palavras com significados diferentes.

Normalmente, a balaustrada é usada em escadas, varandas, terraços, pontes, e muitos outros.

balaustrada-historica
Balaustrada histórica

Já o corrimão é o trilho que é aplicado em escadas ou em cima de paredes ou balaústre com a finalidade de acessibilidade, ou ajudar na estabilidade do utilizador ao suber e descer escadas.

As funções da balaustrada

“As funções da balaustrada são múltiplas, desde reduzir a possibilidade de uma pessoa cair de uma escada até isolar uma área para fins de privacidade, como a balaustrada dourada que separa a cama do quarto do rei em Versalhes do resto do quarto ”, diz Mitchell Owens, profissional de artes e antiguidades da Architectural Digest.

balaustre-de-concreto
Balaústre de concreto | Imagem: Site Balaústres

A história da balaustrada

Os primeiros registros de balaustradas remotam aos antigos baixos-relevos, um período entre os séculos 13 e 7 aC.

Balaustradas podem ser encontradas revestindo as janelas dos palácios assírios.

Um fato curioso é que a balaustrada não aparece durante as eras gregas e romanas arquitetônicamente inovadoras (não há ruínas desse período), embora reapareça em palácios italianos no fim do século 15.

Um ótimo exemplo do uso da balaustrada é o castelo espanhol de Vélez Blanco, do século XVI. Construído no modelo renascentista italiano, o castelo conta com uma longa balaustrada de mármore.

balaustrada-castelo-velez-blanco
Balaustrada castelo Vélez Blanco

Apesar da ornamentação ter sido demolida em 1904 e vendida ao banqueiro George Blumenthol, que reergueria em sua própria casa em Manhattan, a ornamentação histórica foi reconstruída no Museu Metropolitano de Arte em Nova York.

Desde então, as balaustradas são amplamente usadas até os dias de hoje. Embora a maioria das pessoas prefira o balaústre de concreto, há muitas outras variedades de materiais, desde madeira, até ferro forjado, para os mais variados fins, desde decoração à praticidade e segurança.

E você, já sabia o que era balaustrada? Conte para nós pelos comentários!